Gurdjieff chegando em Nova Yorque em 1924
Quem é Gurdjieff

De ascendência grega e armênia, ele nasceu em Alexandropol, perto da fronteira da Rússia com a Turquia.

Desde o começo distinguiu-se dos outros meninos na escola por seu questionamento insaciável. Procurou orientação de pessoas mais velhas entre as inúmeras escolas da região. Leu vorazmente e, em tenra idade, deixou seu lar em busca de homens mais sábios ou irmandades que

pudessem possuir chaves para o conhecimento que tinha se tornado uma necessidade para sua vida. Que tenha recebido instruções de mestres espirituais do Oriente não pode haver dúvida.

Durante vinte anos, até 1909, Gurdjieff esteve buscando e viajando, preparando-se adequadamente, dirigido e influenciado pelo que ele chama o Círculo Interior da Humanidade, os portadores do conhecimento que buscava. Durante esse tempo tomou consciência da tarefa que foi chamado a assumir: chamar a humanidade para um conhecimento do significado da vida sobre a Terra.

‘Desde criança tenho a sensação de que algo falta em mim. Sentia que existe outra vida além da vida comum. Uma vida que me chama. Mas como me abrir a ela? Esta pergunta não me deixa em paz e assim tornei-me um cão faminto, perseguindo uma resposta.’

‘Na véspera dos domingos e feriados, como nós, crianças, tínhamos o direito de não nos levantar cedo no dia seguinte, meu pai costumava contar-nos uma história, quer sobre os grandes povos da antiguidade, quer sobre homens notáveis, quer sobre Deus, sobre a natureza ou sobre toda espécie de maravilhas misteriosas. E terminava sempre por algum conto das Mil e Uma Noites.’